SEGUNDA PARTE (b) – Das manifestações espíritas
Cap. III – Das manifestações inteligentes
Tema: Tema: itens 65-71
Período do Estudo: 13/03/2010 a 20/03/2010
TEMA para estudo
Questões para reflexão:
1. O que caracteriza a manifestação inteligente?
Ser um ato livre e voluntário, exprimindo uma intenção, ou respondendo a um pensamento.
2. Por que os estudiosos chegaram à conclusão de que a mesa obedecia a uma inteligência que eles desconheciam?
Por que ela movia-se para ambos os lados, produzia diferentes sons, sai a conclusão que ela obedecia o pensamento, algo que ainda não conseguiam explicar.
3. Qual foi a evolução das comunicações inteligentes?
Das pancadas, aperfeiçou-se a arte de obter comunicações pelo processo das pancadas alfabéticas, depois adaptando-se um lápis ao pé de uma mesa leve, colocada sobre uma folha de papel.
Estes indicaram outros meios e a eles se deve o das comunicações escritas.
Receberam-se as primeiras deste gênero, adaptando-se um lápis ao pé de uma mesa leve, colocada sobre uma folha de papel. Posta em movimento pela influência de um médium, a mesa começou a traçar caracteres, depois palavras e frases. Simplificou-se gradualmente o processo, pelo emprego de mesinhas do tamanho de uma mão, construídas expressamente para isso; em seguida, pelo de cestas, de caixas de papelão e, afinal, pelo de simples pranchetas. A escrita saía tão corrente, tão rápida e tão fácil como com a mão.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: